top of page
  • Foto do escritorRafaela Ussier

Interpretação dos sonhos

Os sonhos nos acompanham por toda a nossa existência, desde que nós nos conhecemos como sociedade. Algumas pessoas lembram com clareza das cenas e enredos enquanto outras têm uma vaga impressão de sonhar. É comum surgirem questionamentos em torno deste tema:

Como interpretar os sonhos?

Existe uma regra ou um manual?


Diferente da psicanálise, que propõe a interpretação dos sonhos com base no que Freud postulou em suas teorias, a Psicologia Analítica busca ampliar os símbolos que aparecem no conteúdo onírico. Nesse sentido, Jung não nega a prática de interpretação dos sonhos, mas considera que o tipo de análise dos sonhos realizada por Freud era muito restritiva e excessivamente centrada na sexualidade.

Para Jung, a análise do sonho não deve ser interpretada por regras fixas ou manuais, mas sim através da ótica do indivíduo sonhador, considerando o contexto, as vivências assim como o mundo interno. Ou seja, não existe um dicionário dos sonhos que vá conseguir interpretar toda a complexidade do símbolo no sonho específico de um indivíduo.

As imagens e personagens aparecem como um conteúdo simbólico, representantes de conteúdos psíquicos inconscientes daquele indivíduo específico, considerando suas particularidades e suas próprias percepções sobre as imagens e enredos. Da mesma forma, os sonhos também abrangem aspectos mais coletivos, tendo a capacidade de manifestar imagens arquetípicas e conteúdos do inconsciente coletivo, que surgem de forma involuntária e espontânea.

É muito comum símbolos fortes e arquetípicos aparecerem diversas vezes em sonhos, em várias culturas e ao longo dos séculos, repetindo a imagem e intrigando o sonhador. Como por exemplo a imagem da cobra, da serpente.


O que significa sonhar com cobra?

Sonhar com cobra é sinal de morte?


O sonho traz em si muitos símbolos, sendo comum ocorrerem sonhos repetidos ou com a mesma imagem em períodos específicos. A simbologia da cobra, ou da serpente, pode ser interpretada através de diversas fontes que coexistem no inconsciente coletivo. Jung traz o simbolismo da cobra no sonho vinculado aos sentimentos de medo - “Para os jovens ela representa o medo da vida. Para os velhos, o medo da morte.” Porém, lembra e destaca que “a interpretação, como sempre, depende de inúmeras circunstâncias individuais: deve ser modificada de acordo com elas.”


Por exemplo na bíblia, em Gênesis, a serpente é retratada como uma criatura enganadora ou trapaceira, que seduz e corrompe a inocência. Já nas religiões de matriz africana, está associada à Oxumaré, Orixá rege a renovação. Neste sentido ela também está vinculada ao Uroboro, imagem da cobra que come a própria cauda, com significado de renascimento e eternidade. Ou seja, antes de uma interpretação rígida e objetiva sobre o símbolo que se apresenta, é essencial considerar o contexto, a vivência e a percepção que a própria pessoa tem a respeito daquela imagem.


Espero ter contribuído com a reflexão sobre o tema e fico à disposição para mais trocas!

Abraços, até a próxima.


Psicóloga Rafaela Ussier

CRP 06/119822



110 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

ARQUÉTIPOS

1 Comment


farebau
farebau
Feb 01, 2022

Ótima análise dos sonhos, para mim eles representam muito.

Like
©ajunguiana™
©ajunguiana™
bottom of page